domingo, dezembro 25, 2016

Vamos começar 2017 realizando mais e reclamando menos? Conheça as ferramentas da Benfeitoria


Benfeitoria é uma plataforma de mobilização de recursos para projetos de impacto cultural,
social, econômico e ambiental




Por Alê Barreto *
alebarreto@gmail.com



Estava pensando qual seria o tema para escrever os últimos posts de 2016. Aí imediatamente veio à mente o excelente trabalho realizado pela Benfeitoria. Assisti a palestra da Tatiana Leite no TEDxJardim Botânico, no Rio de Janeiro, em 2012 e de lá para cá sou uma das muitas testemunhas do excelente trabalho que eles fazem.





Assista Tatiana Leite no TEDxJardim Botânico




Além de constantemente acompanhar pelas redes sociais campanhas dos projetos transformadores viabilizados através da Benfeitoria, conheci mais duas pessoas da plataforma. Uma delas foi o Téo Benjamin. Ele me recebeu na Fundação Getúlio Vargas, em dezembro de 2014, época em que eu atuava como gerente de administração e projetos do Grupo Nós do Morro, para mostrar as possibilidades de viabilizar projetos na plataforma. Na época, recém haviam lançado o Recorrente. A outra pessoa foi a Larissa Novais, que juntamente com o Téo, me auxiliou na comunicação em um projeto que apoiei. Téo e Larissa me mostraram que um serviço inovador pode ter um atendimento cuidadoso e personalizado.


E além de conhecer a proposta da Benfeitoria, projetos e pessoas que trabalham na plataforma, me tornei também apoiador de projetos. O Produtor Independente apoiou o Teatro de Cama (apartamento que oferece espetáculos de artes cênicas no Vidigal no Rio de Janeiro), o Gomeia Galpão Criativa (primeiro coworking cultural da Baixada Fluminense), Feliz Ano Novo - O filme  (curta-metragem, adaptação autorizada do conto "Feliz Ano Novo" escrito pelo autor brasileiro Rubem Fonseca) e a Cartografia das Ondas (longa-metragem com influências que vão da literatura brasileira a mitologias universais, escrito por Denis Augusto e Heloisa Machado, que também assina a direção junto a Tarsilla Alves).



Tenho pensado muito que está na hora de começar a utilizar a plataforma do Benfeitoria para alavancar projetos do Produtor Independente. Enquanto rascunho a ideia, lembrei de compartilhar duas dicas de como utilizar a plataforma Benfeitoria, para começarmos 2017 realizando mais e reclamando menos:




- curso sobre primeiros passos para o crowdfunding (o que é, para quem é e como funciona);


- ferramenta Super Canvas (planilha para ajudar no cálculo do orçamento de campanha, na criação das recompensas e na ativação de rede).



Gostou do conteúdo? Comente para pessoas que tenham interesse no tema e divulgue no seu mailing e redes sociais, obrigado!


Cadastre-se para receber conteúdos enviando seu e-mail para alebarreto@gmail.com




*************************************



Livro "Carreira Artística e Criativa" [NOVO!]



Livro "Aprenda a Organizar um Show"



Facebook

https://www.facebook.com/ProdutorIndependente/

https://www.facebook.com/blogprodutorindependente/

https://www.facebook.com/groups/140209426161752/



Twitter


https://twitter.com/alebarreto


*************************************



Alexandre Barreto acredita que disseminar conhecimentos e atuar em redes são boas formas de se realizar mudanças. Em 2006 formou-se em Administração de Empresas e criou o blog Produtor Cultural Independente. Compartilhou seu primeiro livro Aprenda a Organizar um Show na internet, acessado por mais de 26 mil pessoas, e mudou-se para o Rio de Janeiro, onde trabalhou com artistas, ações, projetos e com organizações da sociedade civil como Grupo Nós do Morro, Instituto Ensaio Aberto (Armazém da Utopia), Observatório de Favelas e a Orquestra de Câmara da Rocinha, das quais continua parceiro. Desde 2009 realiza também ações formativas. Seus textos, cursos, workshops e palestras têm inspirado muitas pessoas no Brasil. Concluiu o MBA em Gestão Cultural e está divulgando Carreira Artística e Criativa, seu segundo livro, mais um fruto da relação amorosa e duradoura que tem com o universo artístico e da parceria com a Associação Brasileira de Gestão Cultural. Saiba mais

Nenhum comentário: